Cirurgia-Plastica-SP-Dr-Lucas-Consentino

Nosso Blog

A cirurgia de correção de cicatriz pode mudar a sua vida

CORREÇÃO DE CICATRIZ
Guia de Conteúdo

As cicatrizes podem ser motivo de incômodo para muitas pessoas. Assim, a cirurgia é um procedimento médico que pode ser realizado para corrigir uma variedade de problemas relacionados às cicatrizes

Sejam elas causadas por acidentes, queimaduras ou doenças, a cirurgia de correção de cicatriz pode ajudar a aliviar o incômodo de quem as possui. O procedimento pode ser feito para remover o excesso de tecido cicatricial, alinhar as bordas da incisão e reduzir a sensação de coceira e dor. 

Da mesma forma, a cirurgia também pode ser feita para diminuir a visibilidade das cicatrizes. As técnicas utilizadas dependem da natureza e da localização da cicatriz e geralmente são bem toleradas, garantindo resultados imediatos. 

No entanto, as incisões são feitas na pele e podem causar dor, inchaço e vermelhidão. O tempo necessário para se recuperar da cirurgia depende do tipo e da extensão da cirurgia realizada. A maioria das pessoas se sente bem o suficiente para retornar às suas atividades normais em algumas semanas.

Neste conteúdo, abordaremos mais sobre as cicatrizes, bem como a cirurgia de reparação, seus benefícios, riscos e recuperação. Boa leitura!

cirurgia-de-reparação-de-cicatrizAs cicatrizes podem causar incômodo estético e funcional (foto: Divulgação).

O que é uma cicatriz?

Uma cicatriz é uma área de tecido que se forma sobre uma ferida para ajudar a curar. Elas podem ser causadas por acidentes, cirurgias, queimaduras e doenças da pele. À medida que a ferida se cura, uma camada de tecido cicatricial se forma sobre a área afetada. 

Essa camada é feita principalmente de colágeno, uma proteína encontrada nas paredes das células. Assim, as cicatrizes podem ser classificadas em três tipos: hipertróficas, atróficas e quelóides. 

As cicatrizes hipertróficas são elevadas em relação à superfície da pele e geralmente ocorrem em áreas de tecido mais espesso, como ombros e coxas. Já os tipos atróficos são depressões na pele e geralmente ocorrem em áreas de tecido mais fino, como rosto e pescoço. Por fim, as cicatrizes queloidianas são protuberâncias na pele que podem ocorrer em qualquer lugar do corpo.

O maior problema relacionado às cicatrizes é o impacto negativo na aparência e autoestima de alguém. Felizmente, existem vários tratamentos disponíveis para minimizar o aspecto das cicatrizes

Desse modo, os tratamentos incluem cirurgia, corticoides, retinóides tópicos, laser e dermabrasão. A escolha do tratamento ideal depende do tipo e da gravidade da cicatriz, assim como das preferências pessoais do paciente.

Leia também: Abdominoplastia: como é a cicatrização?

Quais são as cirurgias de correção de cicatriz mais comuns?

As cirurgias de correção de cicatriz mais comuns são as que removem o excesso de pele e tecido cicatricial, além de realinhar os contornos da cicatriz. Essas cirurgias são normalmente feitas com anestesia local e dão resultados significativos, embora possam deixar uma nova cicatriz. 

As técnicas a seguir podem ser usadas para corrigir uma variedade de problemas de cicatrizes:

  • Remoção do tecido cicatricial: Esse procedimento envolve a remoção do tecido cicatricial excêntrico ou hipertrófico para alinhar a borda da incisão. Isso pode ser feito por meio da técnica Z-plastia ou dermoabrasão.
  • Também é possível realizar a remoção do tecido cicatricial com laser, que causa menos danos à pele circundante. No entanto, este procedimento é mais caro e pode não ser tão eficaz quanto a cirurgia tradicional.
  • Redução da hiperpigmentação: A hiperpigmentação é um problema comum nas cicatrizes, especialmente aquelas causadas por queimaduras. Existem vários tratamentos disponíveis para diminuir o tom escuro das áreas afetadas, incluindo laser, peelings químicos e microdermoabrasão.

Quais os benefícios da cirurgia de correção de cicatriz

A cirurgia de correção pode ter diversos benefícios, tanto estéticos quanto funcionais, pois as cicatrizes podem causar danos às estruturas anatômicas próximas, como os nervos e os vasos sanguíneos, além de interferir na função dos tecidos mais profundos, como a pele e o músculo. 

Por isso, o procedimento de correção de cicatriz pode ajudar a restaurar a forma e a função dos tecidos afetados, melhorando significativamente a qualidade de vida dos pacientes.

Quais os riscos associados à cirurgia

Cirurgias para corrigir cicatrizes são muito seguras, mas como todas as cirurgias, há certos riscos associados. Estes variam de acordo com o tipo de cirurgia que você está tendo, sua saúde geral e outros fatores. 

Alguns dos riscos associados à cirurgia de correção de cicatriz podem incluir:

  • Infecção: A infecção é um risco potencial com qualquer tipo de cirurgia. No entanto, as infecções após a cirurgia de reparação de cicatrizes são geralmente leves e podem ser tratadas com antibióticos.
  • Sangramento: Como qualquer outra cirurgia, esta também pode causar sangramento durante e após o procedimento. No entanto, o sangramento é geralmente leve e controlado durante a cirurgia.
  • Reações alérgicas: Algumas pessoas podem ter reações alérgicas a determinados medicamentos ou anestésicos utilizados durante a cirurgia. As reações alérgicas podem variar desde leve coceira e vermelhidão da pele até choque anafilático, que é uma condição grave que pode levar à morte.
  • Hematomas: Hematomas são acúmulos de sangue sob a pele que podem ocorrer após a cirurgia. Eles geralmente desaparecem por conta própria dentro de alguns dias, mas em alguns casos, podem ser dolorosos e precisam ser drenados por um médico.

Leia também: Como funciona o processo de cicatrização do umbigo na abdominoplastia?

correção-de-cicatrizAlguns cuidados são necessários para a efetividade da cirurgia (foto: Divulgação).

Corrigindo a cicatriz: recuperação Pós-Cirúrgica

Depois do procedimento, é importante seguir as instruções do seu médico para a recuperação pós-cirúrgica. Isto inclui cuidados com a incisão, mobilidade e atividade.

Cuidados com a Incisão:

  • Mantenha a incisão limpa e seca. Você pode lavar suavemente a área da incisão com água e sabonete. Se houver pontos, eles serão removidos em 7-10 dias. 
  • Evite esfregar, torcer ou friccionar a área da incisão. 
  • Não use loções, cremes ou outros produtos na área da incisão sem antes consultar o seu médico. 
  • Proteja a área da incisão quando estiver se banhando, nadando ou suando muito. Coloque uma gaze estéril sobre a incisão e cubra com fita adesiva impermeável (tipo Band-Aid®).
  • Você pode tomar banho normalmente 24 horas após a cirurgia. No entanto, evite imersão na banheira (banhos de espuma) até que sua ferida esteja completamente cicatrizada (cerca de 3 semanas).

Mobilidade:

  • Siga as instruções do seu médico sobre quanto tempo ficará em repouso após a cirurgia. Normalmente, você pode retomar suas atividades normais em 2-3 dias, mas evite exercícios vigorosos por 4-6 semanas. 
  • Evite levantar objetos pesados ​​por 2-3 semanas após a cirurgia para permitir que os pontos internos curem completamente. Se você precisar levantar algo pesado antes disso, faça-o cuidadosamente usando as pernas para levantar e não torcendo o corpo. 
  • Andar é uma das melhores maneiras de evitar complicações pós-cirúrgicas, tais como inchaço e coágulos sanguíneos nas pernas (trombose venosa profunda). Ande pelo menos 30 minutos por dia durante os primeiros 7 dias após a cirurgia para diminuir o risco destas complicações. 

Depois disso, você pode retomar sua atividade normal gradualmente. Se você não conseguir andar devido à dor ou à limitação do movimento, fique deitado com as pernas elevadas acima do nível do coração pelo menos 30 minutos 3 vezes por dia para diminuir o inchaço nas pernas e prevenir coágulos sanguíneos.

Onde fazer uma cirurgia de correção de cicatriz?

A escolha do local é fundamental em qualquer procedimento cirúrgico. Por isso, esteja atento às instalações da clínica ou hospital e observe se o ambiente conta com o suporte necessário.

O Dr. Lucas Consentino é especialista em cirurgia plástica e atua na área de correção de cicatrizes com experiência e responsabilidade. Agende uma consulta, ou entre em contato através deste link.

Este artigo foi útil? Deixe um comentário!

Dr. Lucas Consentino

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clínica de Cirurgia Plástica

Dr. Lucas Consentino

Artigos Recentes